News JMJ| Novidades da Cidade da Fé! #epralaqueeuvou

Jovens Revolucionários

noticias_jmj

A Jornada Mundial da Juventude Rio 2013 está chegando e com ela o início dos trabalhos na Cidade da Fé. É pra lá que eu vou e vc?

A Cidade da Fé – cidade especial criada para sediar diversos encontros, festivais e feiras – está cheia de novidades para os peregrinos da JMJ e moradores do Rio e região. Expocatólica, Feira de Turismo e Feira Vocacional são alguns dos atrativos dessa cidade.

Confira as últimas novidades:

ImageProxy (1)

 

O Projeto Gente do Bem da Comunidade Canção nova leva o “giro da Camiseta” para a Cidade da Fé em Julho na Jornada Mundial da Juventude.

O “giro da camiseta”, um dos momentos mais esperados do Acampamento PHN que acontece sempre em Julho na sede da Comunidade Canção Nova em Cachoeira Paulista/SP, acontecerá no dia 21, como parte da programação oficial da Cidade da Fé.

O “giro da camiseta” (veja aqui como…

Ver o post original 186 mais palavras

Anúncios

São Luís Maria Grignion de Montfort

§|Olhar Católico|§

28 de Abril

São Luís Maria Grignion de Montfort, Confessor
(+ França, 1716)

Leia a história do Tratado da Verdadeira Devoção à Santíssima Virgem em:

http://www.lepanto.com.br/catolicismo/devocoes-catolicas/a-verdadeira-devocao-mariana-ou-a-escravidao-de-amor-a-nossa-senhora/

Grande doutor marial dos tempos modernos, combateu arduamente a influência jansenista nos meios católicos, pregou no noroeste da França — precisamente na região em que, 80 anos depois, os camponeses se levantaram de armas na mão contra a Revolução Francesa — e fundou a Companhia de Maria e a Congregação das Filhas da Sabedoria. Vivia abrasado no amor de Deus e de sua Santa Mãe, e aspirava ardentemente, como demonstram seus escritos, pelo advento de uma época em que Nossa Senhora fosse efetivamente obedecida como Rainha. Sua obra mais célebre é o "Tratado da verdadeira devoção à Santíssima Virgem", em que ensina a Escravidão por amor à Santíssima Virgem como meio mais seguro de servir a seu Divino Filho.

Ver o post original

Bebês nascidos vivos depois de aborto chocam e são relatados por enfermeiras

§|Olhar Católico|§

PorSarah Curty | Correspondente do The Christian Post

Diversos abortos terminam em bebês que chegam a nascer mas são deixados à mercê à espera da morte. Em certos casos o próprio abortista mata a criança nascida e em algumas ocasiões eles recebem a oportunidade de serem cuidados.

  • feto
    A enfermeira Kathleen Malloy, de Jacksonville, na Flórida, contou ao Live Action News sua experiência em um hospital que praticava o aborto na cidade. Ela afirma que muitos bebês, mesmo após o processo de aborto, saem do ventre de suas mães ainda vivos e morrem em berços no hospital, sem nenhum cuidado.

Ela conta que uma noite, quando trabalhava no turno da madrugada, se deparou com uma recém-nascida em um berço fora do berçário. “Essa menina parecia que tinha sido mergulhada em uma bacia de água fervente. Nenhum médico, nenhuma enfermeira, nenhum parente para confortar essa criança queimada e…

Ver o post original 422 mais palavras

Papo de Quinta| Qual é o preço de viver o catolicismo de forma autêntica? #Youcat

Jovens Revolucionários

papodequinta

Começo este “Papo de Quinta” com alguns questionamentos, como o feito acima: Quanto vale a vivência verdadeira da fé católica? O que podemos sofrer se a professamos e vivemos de forma autêntica?

Talvez você ou algum amigo seu já pague o preço de professar com a boca, com o coração e com a vida que crê em Deus, na Sua bondade e em Sua Igreja, a Católica Apostólica Romana.

Mas qual é este preço?

O Youcat, Catecismo Jovem da Igreja Católica, nos faz uma pergunta muito semelhante a essas. Veja:

[454] Em que medida a verdade da fé compromete?

A resposta é bem clara: Cada cristão deve dar testemunho da Verdade, seguindo Cristo, que disse a Pilatos: “Para isso nasci e vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade’. [CIC 2472-2474] Isso pode significar que um cristão dê a sua vida por fidelidade à verdade e por amor…

Ver o post original 506 mais palavras

Recuperar a comunidade como dimensão essencial da vida cristã

Católicos na Rede

Dom João Bosco
Bispo de União da Vitória (SC)

Bispos de todo o Brasil, mais de trezentos, reunidos em Aparecida para a 51ª Assembleia Geral da CNBB, tiveram como tema principal das discussões “Comunidade de Comunidades: uma nova Paróquia”. A expressão “comunidade de comunidades” é mais antiga, mas ganhou força no Documento de Aparecida, em 2007 (DAp, 309), para descrever o que é a Igreja. Em 2011, os Bispos do Brasil incluíram essa expressão como uma das urgências da ação evangelizadora, expressas nas Diretrizes Gerais para o Brasil. Nesta assembleia, os Bispos juntaram a essa expressão “Comunidade de Comunidades” uma outra ideia, a de renovar as paróquias para que se tornem mais adequadas à realidade do mundo de hoje.

Ver o post original 1.431 mais palavras

Papa Francisco: “Encontrar Jesus fora da Igreja não é possível”

§|Olhar Católico|§

Cidade do Vaticano, 23 abr 2013 (Ecclesia) – O Papa presidiu hoje no Vaticano à missa evocativa de São Jorge, nome próprio de Francisco, tendo afirmado que “encontrar Jesus fora da Igreja não é possível”, revela a Rádio Vaticano.

Na celebração que decorreu na Capela Paulina com a participação de dezenas de cardeais, Francisco recordou que o Papa Paulo VI (1897-1978) dizia ser “uma dicotomia absurda querer viver com Jesus sem a Igreja, seguir Jesus fora da Igreja, amar Jesus sem a Igreja”.

“A identidade cristã é uma pertença à Igreja, à Igreja mãe”, acrescentou.

A Igreja está entre as “perseguições do mundo” e a “consolação” de Deus, afirmou Francisco na homilia da eucaristia evocatória do mártir que o rito católico, sírio e bizantino assinalam a 23 de abril.

“No momento em que começa a perseguição, começa a atividade missionária da Igreja”, sublinhou Francisco, referindo-se à tradição associada a São…

Ver o post original 303 mais palavras

Palavra da Semana| Confie no Bom Pastor!

Jovens Revolucionários

“As minhas ovelhas ouvem a minha voz, eu as conheço e elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna; elas jamais hão de perecer, e ninguém as roubará de minha Mão” (Joao 10,27-28)

Olá Galera a Pax! 
Tem alguma ovelhinha de Jesus aí?

Que legal! Acredito que vários já responderam: “EUUU Souuuu”.

O Bom Pastor3Oh Glória! Que bom termos um Pastor tão lindo como Jesus não é verdade? Não poderia passar em branco essa semana, sem falar desse Bom Pastor que cuida de nós. Talvez a palavra ovelhinha te incomode um pouco, pois falamos dessa forma mais com crianças, mas feliz aquele que se colocar como criança na presença do Senhor. Então Bora lá ovelhinhas de Jesus falar desse lindo Pastor?

Nesse Evangelho de João onde nos é apresentado esse Pastor, conseguimos ver com muita clareza o amor de Deus por cada um de nós, onde através dessa palavra nos é…

Ver o post original 375 mais palavras

Vida de Santo Agostinho de Hipona :: Contra os Acadêmicos – Livro II [Importância do problema da possibilidade de encontrar a verdade]

Dominus Vobiscum

Santo Agostinho de Hipona (4)Pax et Bonum! Amigos, que a Graça de Nosso Senhor Jesus Cristo esteja com todos vocês! Dando continuidade aos estudos do livro “Contra os Acadêmicos“, hoje iremos, dar continuidade a discussão da temática abordada nos capítulos anteriores. Boa leitura!

Discussão entre Agostinho e Alípio – Importância do problema da possibilidade de encontrar a verdade

Alípio: – Gostaria, pois, que dissesses bom acusador dos Acadêmicos, qual é o teu papel, ou seja, em favor de quem os atacas. Receio que, ao refutar os Acadêmicos, queiras mostrar-te um Acadêmico.

Respondi: – Bem sabes, creio que há duas espécies de acusadores. Pois se Cícero disse com excessiva modéstia que era acusador de Verres, para ser defensor dos Sicilianos, daqui não se segue que quem acusa alguém necessariamente esteja defendendo um outro.

Alípio: – Tens pelo menos algum fundamento onde apoiar a tua opinião?

Respondi: – É fácil responder a esta pergunta, sobretudo porque ela…

Ver o post original 508 mais palavras